18 de jun de 2015

FONTES DE PESQUISA SOBRE O MURO DA MAUÁ

                O Muro da Mauá,objeto de polêmica devido ao impacto visual desagradável sobre o centro de Porto Alegre, surgiu como  resposta ao problema  crônico das  inundações e tem origem  no convênio entre  Estado, Prefeitura e o extinto Departamento Nacional de Obras e Saneamento em 1973.
           

      O documento “CONVÊNIO BÁSICO QUE  ENTRE SI  FAZEM   O GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL,A PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE   E O DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS E SANEAMENTO,COM A FINALIDADE ESPECÍFICA DE DEFINIR PARTICIPAÇÃO MÚTUA NUM PROGRAMA INTEGRADO PARA O PROSSEGUIMENTO DAS OBRAS CONTRA ININDAÇÕES DA CIDADE DE PORTO ALEGRE' foi assinado em 28 de abril de 1973,pertence ao  acervo da Procuradoria-Geral do Município e está disponível para pesquisa  no Arquivo  Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho.
        
      
     Na época, o Prefeito de Porto Alegre era o Engº Telmo Thompson Flores, e o Governador do RGS,o Engº Euclides  Triches,signatários do Convênio juntamente com o Ministro do Interior e o Diretor-Geral do DNOS.
       

    Além  do Convênio e do Aditivo do mesmo,datado de  1978, o Arquivo disponibiliza um documento de procedência do DNOS,intitulado ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICO ECONÔMICA DAS OBRAS DE DEFESA DE PORTO ALEGRE,CANOAS E SÃO LEOPOLDO,CONTRA INUNDAÇÕES,outro documento sobre o tema, útil para  pesquisas de caráter acadêmico ou autodidata. 



                                                                             



               












                   


0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2009AHPAMV | by TNB