30 de abr de 2014

Dia dos Trabalhadores

        
   Amanhã, primeiro de maio, é celebrado o Dia Internacional dos Trabalhadores. Conforme o site wikipedia, a data foi proclamada em razão do início de uma greve geral nos Estados Unidos e manifestação nas ruas na cidade norte-americana de Chicago em 1886 pela redução da jornada de trabalho. Os eventos que se seguiram motivaram a criação do Dia do Trabalhador. Com a chegada de imigrantes europeus no Brasil, as ideias de princípios e leis trabalhistas vieram junto e, em 1917, houve uma greve geral. Em 1925, com o fortalecimento da classe operária, o dia 1º de Maio foi declarado feriado pelo presidente Artur Bernardes.

   Aqui no Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho, encontra-se o acervo documental do sindicalista Francisco Xavier da Costa que teve grande influência no meio político no nosso estado do Rio Grande do Sul, no início do século passado,sendo o primeiro operário a ocupar o cargo de vereador na história política de Porto Alegre

    Abaixo apresentamos a imagem do jornal “ A Democracia” editado por ele em 1907, com uma reportagem sobre a manifestação ocorrida no dia primeiro de maio daquele ano,aqui em Porto Alegre.








25 de abr de 2014

EJA DA EMEF MARIANO BECK NO ARQUIVO HISTÓRICO DE PORTO ALEGRE MOYSÉS VELLINHO


23 de abr de 2014

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL:PROJETO DETETIVES NA CASA DOS MALHEIROS


8 de abr de 2014

Porto Alegre em prosa e verso

      


     Existem várias leituras a fazer sobre Porto Alegre: histórica, socioeconômica,política,literária... Há os que investigam e os que sentem;os que analisam fatos e consequências e os que  dão visibilidade ao subjetivo.   
   
     A Editora da Cidade  da Secretaria Municipal da Cultura  (Unidade Editorial,/Porto Alegre) tem no rol de publicações  várias obras literárias cujo tema é a nossa Cidade. São contos, crônicas e  poemas  que contam a história pelos personagens ficcionais   que nos contam outra realidade, de forma mais intimista, revelando outros mundos.

     Essas obras  estão à disposição dos leitores no acervo bibliográfico do Arquivo Histórico de Porto Alegre.

   Vejamos alguns exemplos:


1-Porto Alegre – memória escrita- organização de Zilá Bernd
Antologia de textos  literários que  compõem um perfil de autores  desde a poeta Rita Barém de Melo (1861) até  os anos 1990,com Luis Fernando Verissimo,Tabajara Ruas  e outros  escritores de igual importância, registrando a memória literária porto-alegrense de um século. Diz a organizadora:
  
   Não queiram os leitores encontrar nesta Antologia outro fio condutor que o da própria recorrência temática,calcada na necessidade  dos escritores de expressarem sua relação e a de seus personagens com a cidade. (pg. 6)

 

Bernd,Zilá. Porto Alegre:memória escrita .Porto Alegre:UE/Porto Alegre,1998.



2)Porto Alegre em contos- Nesta antologia, Porto  Alegre é tema de contos  de autores contemporâneos. O critério é de agrupar  textos do mesmo gênero sobre o mesmo tema,na época atual. Fala o editor Fernando Rozano:
      

    Em cada página, um traço, uma marca, um costume, um sentido, a Porto Alegre se desvendando aos olhos dos escritores. Pronta para quem os ler. (pg.8)

 
      Porto Alegre em contos. Prefeitura  Municipal de Porto Alegre.Porto Alegre:Editora 
            da  Cidade,2006            


3)Porto Alegre,roteiro da paixão. Livro com um único poema que fala sobre a paixão do poeta por Porto Alegre.É a nossa Cidade cantada em versos.

               Vou pela cidade
               alucinadamente alegre
               pensando e escrevendo
               nos ombros da poesia     (pg, 10)




MIRANDA, Luiz de.Porto Alegre, roteiro da paixão.2. ed. Porto Alegre:Editora da Cidade e
      Instituto Estadual do Livro,2007.
       







                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

1 de abr de 2014

CAMPANHA:RESGATE DAS MEMÓRIAS DA ESCOLA APELLES PORTO ALEGRE


Formação para Professores Programa de Educação Patrimonial do Arquivo Histórico


             O Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho abre inscrição para a primeira formação de professores  de 2014. O objetivo é capacitar professores  de forma a torná-los mediadores da relação Arquivo-escola. O curso de 4 horas contará com um guia detalhando os projetos do Programa de Educação Patrimonial, bem como a relação destes com os conteúdos curriculares. Nesta formação será possível também o acesso direto aos cenários, figurinos e recursos didáticos utilizados nas atividades desenvolvidas para o público escolar, permitido o reconhecimento do processo ensino-aprendizagem.




Agende sua escola!

Dia 12 de abril  das 8h às 12h

Local : Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho
Av. Bento Gonçalves, 1129
Inscrições email: rosanef@smc.prefpoa.com.br


OBS: A formação oferece certificado de participação. Temos estacionamento no local.







 

© 2009AHPAMV | by TNB