18 de dez de 2012

MENSAGEM DE FIM DE ANO




     Prezados(as) leitores(as)


   Com a mensagem de Natal e fim de ano, interrompemos as postagens deste blog,para que os integrantes da equipe do AHPAMV  tenham suas férias anuais, alguns em janeiro, outros em fevereiro.A normalização será em março, quando voltaremos a divulgar as atividades da Instituição em postagens semanais.

                Feliz Natal e um 2013 de muita valorização do patrimônio histórico.

                         Direção e equipe do Arquivo Histórico de  Porto Alegre Moysés Vellinho
      
      





13 de dez de 2012

Programa de Educação Patrimonial



      Mais um ano finda. Voltamos nosso  olhar  ao já passado ano de 2012 e apresentamos os resultados que hoje são memórias dos muitos encontros com a comunidade porto-alegrense.
       Nossas atividades envolveram mais de 2.200 pessoas que hoje fazem parte da história da Instituição, pois sua passagem está marcada nos documentos gerados em cada encontro.


Queremos, assim, relembrar  a participação das  instituições que aqui estiveram

 EMEF Aramy Silva
 Centro Comunitário Jardim Renascença
 EMEF Profª Judith Macedo de Araújo
 EMEF Chico Mendes
EMEF Heitor Villa lobos
 EMEF Saint’Hilaire
 PUC/RS
 Centro Universitário UNIVATES
 CMET Paulo Freie
 Colégio Aplicação
 IFRS- Campus Porto Alegre
 Universidade Del Nordeste / Argentina
 ULBRA
 UFRGS
 UFSM
 FURG
 EMEF Marcirio G. Loureiro
EEEF Jerônimo de Albuquerque
 EMEF América
 EEEF Desidério Torquatro Finamor
EEEF Luiz Schneider
 Colégio CONHECER
 Instituto Estadual Rio Branco
 EEEM Roque Gonzáles
EMEF José Mariano Beck
 EEEF Alceu Wamosy
 Colégio Nossa Senhora da Glória
  EEEF Maria Thereza da Silveira
 Fundação Educacional João XXIII
 Colégio La Salle Santo Antonio
 Professores da rede de ensino de Igrejinha
 EEEF Emilio Kemp
 EEEF Mauricio Sirostky Sobrinho
 EMEF Martins Aranha
Engenharia e pesquisas tecnológicas S/A
  EMEF Lauro Rodrigues
 Centro de Ensino Médio Pastor Dohms
 Centro Educacional Santa Izabel
 EMEF Timbaúva
 Colégio Monteiro Lobato
 EMEF América
 Colégio Bom Jesus São Luiz
 EMEF João A. Satte
 Instituto Estadual Flores da Cunha
 EMEB Alberto Santos Dumont
 FAPA


...agradecendo a oportunidade de realização deste  trabalho coletivo que pensa antes de tudo no cuidado da nossa identidade, refletida nos bens patrimoniais que formam nosso cotidiano.

Até 2013!!!!!!






SÉRIE 2-ASPECTOS DO ARQUIVO HISTÓRICO NA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL 4

História para pequenos – antiga documentação da Câmara de Vereança de Porto Alegre




É desta documentação que antigas histórias nascem, povoando o imaginário do porto-alegrense. Contá-las às crianças, na companhia da Rochinha - personagem do Arquivo Histórico que está aqui como primeira representante deste espaço de solo rochoso formado de granitos proterozóicos -, é tarefa do monitor que vive no nosso cofre do tesouro.



Rochinha com as crianças


 O acervo (nosso cofre) que acolhe lindos livros antigos (nosso tesouro)...







... com histórias de acendedores de lampiões, limpadores de chaminés, de cabungueiros, de trenzinhos do asseio, de aguateiros, de lamparinas de óleo de peixe, de bondes puxados a burro, dos chafarizes e das fontes necessárias após as epidemias de cólera.
             
Estas histórias têm cores e cheiros: aqueles reservados aos documentos mais antigos guardados no Arquivo Histórico.



Os projetos de Educação Patrimonial da Instituição estão disponíveis   às escolas e  aos grupos gratuitamente. Informe-se pelos telefones 32197900 e 32898284.














4 de dez de 2012

SÉRIE 2-ASPECTOS USADOS NA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL 3


Entorno do Arquivo - ambiente natural de rochas e árvores


   É do ambiente natural que parte de nossa identidade regional e nacional nasce. Falamos dos mitos e lendas que povoam o imaginário brasileiro. O Saci-pererê é entidade ligada à floresta, à  mata e tem circulação nacional. O Curupira, da mesma forma, permeia o imaginário de norte a sul, protegendo as grandes árvores que,no Arquivo Histórico, são representadas por paineiras, cedro, umbu, figueira centenária, tipuanas, aguais. Simões Lopes Neto nos brindou com o Boitatá, representação mítica do  fogo fátuo dos campos do Rio Grande do Sul.

       Curupira na vivência lúdica Seres da Natureza


Boitatá na vivência lúdica Seres da Natureza
      
     Com uma área natural tão especial no AHPAMV, estes elementos constitutivos da nossa identidade não poderiam deixar de estar presentes no Programa de Educação Patrimonial, lembrando às crianças que a natureza é pano de fundo para qualquer experiência humana no planeta.


Rochinha e Saci- pererê  na vivência lúdica Seres da Natureza

    No espaço do Arquivo Histórico,cabe ainda uma rocha mutante que passeia pelos caminhos da Instituição,ladeados de espécimes da flora brasileira e grande matacões,cuidados por estes seres mágicos que têm por missão a sua proteção.


Os projetos de Educação Patrimonial da Instituição estão disponíveis às escolas e  aos grupos gratuitamente. Informe-se pelos telefones 32197900 e 32898284.






 

© 2009AHPAMV | by TNB