2 de jul de 2014

Memórias das ditaduras do Cone Sul: depoimentos de protagonistas e pesquisadores













   O livro Memórias da resistência e da solidariedade,editado pela ONG ARQUIVISTAS SEM FRONTEIRAS-BRASIL e  selecionado por edital público pelo projeto Marcas da Memória,da Comissão  de Anistia do Ministério da Justiça, resgata a história do Movimento de Justiça e Direitos Humanos  do RGS e  sua rede  de solidariedade  aos perseguidos políticos do Cone Sul.
      













   Organizado pelo historiador Enrique Padrós e pelo arquivista Jorge Vivar, a publicação utiliza a memória oral:depoimentos e entrevistas de pesquisadores e  protagonistas, inclusive Universindo Diaz e Lilian Celiberti, sequestrados em  Porto Alegre, em 1978.Essa ação fazia parte da conexão repressiva entre o Brasil, o Uruguai, Argentina e o Paraguai. O Movimento de Justiça e Direitos Humanos nasceu da necessidade de proteção e defesa de militantes políticos em perigo nesses países e de denúncia das práticas repressivas das ditaduras para  tentar salvar vidas  e construir uma rede de resistência  e solidariedade.











               



        
       O parágrafo que segue(pg. 13) sintetiza os objetivos da publicação:




    Os depoimentos coletados,além de resgatar histórias que integram as experiências de cidadãos argentinos,brasileiros e uruguaios,reafirmam dois entrecruzamentos temporais  significativos e ainda vigentes. O primeiro, em um passado comum, no qual trajetórias individuais ou coletivas se reconheceram por semelhança  e se aproximaram até encontrar um ponto de intersecção na rede de solidariedade que lhes deu acolhida .O outro, na atualidade, na luta comum, em toda a região,pelo resgate da história recente,pelos debates sobre responsabilidades dos crimes estatais e pela abertura dos arquivos repressivos, entre outras questões que assinalam um presente de “explosão da memória” sobre esse passado que  “não passa’ enquanto as sociedades não olharem de frente para ele.






PADRÓS,Enrique Serra;VIVAR,Jorge Eduardo Enríquez.  
          Memórias da  resistência e da solidariedade: o
           Movimento de Justiça e Direitos  Humanos  contra  as           
         ditaduras  do Cone Sul e sua conexão repressiva.Porto 
        Alegre:ASF-Brasil,2013.
    




         
      Esta publicação está disponível para pesquisa no acervo bibliográfico  do Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho




    As reportagens  do COOJORNAL,selecionadas e publicadas no livro cooJORNAL-um jornal de jornalistas sob o regime militar, dialogam com a publicação divulgada acima.Destaque para a pg 143: 


SEQUESTRO-um crime grosseiro fere o País,sobre o sequestro de Lilian e Universindo.Publicação   também disponível  no acervo bibliográfico do AHPAMV.



   

   Para saber mais sobre cooJORNAL-um jornal de jornalistas sob o regime militar,ler postagem de 06 de dezembro de 2011 neste blog.
  












0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2009AHPAMV | by TNB