31 de jul de 2013

Documentos digitais: conceito e preservação


A preservação de documentos tem ultrapassado os limites do suporte papel e um dos grandes desafios para as instituições tem sido reconhecer e implementar programas de preservação de documentos arquivísticos que contemplem tanto os documentos convencionais (suporte papel, por exemplo) quanto os digitais.

 

Você sabia?

Do ponto de vista tecnológico existe uma diferença entre documento eletrônico e digital, fique por dentro:

Um documento eletrônico é acessível e interpretável por meio de um equipamento eletrônico (aparelho de videocassete, filmadora, computador), podendo ser registrado e codificado em forma analógica ou em dígitos binários. Por sua vez, o documento digital é um documento eletrônico caracterizado pela codificação em dígitos binários e acessado por meio de sistema computacional. Assim, todo documento digital é eletrônico, mas nem todo documento eletrônico é digital.

 

Exemplos de documentos eletrônicos: filme em VHS, música em fita cassete.


Exemplos de documentos digitais: texto em pdf, planilha de cálculo em Microsoft Excel, áudio em MP3, entre outros.

 

 
 

Portanto a preservação digital trata-se do conjunto de estratégias e metodologias destinadas a preservar os documentos em formato digital. Ela pode implicar desde transferências periódicas dos suportes de armazenamento até a conversão para outros formatos digitais, bem como a atualização do ambiente tecnológico, o hardware e software.

A degradação do suporte e a obsolescência tecnológica são os principais fatores de comprometimento da preservação dos documentos digitais, uma vez que ameaçam sua autenticidade, integridade e acessibilidade.

 

Algumas técnicas de preservação digital: emulação, encapsulamento, migração e preservação da tecnologia.

 

Saiba mais:

 

 

Consulte “e-ARQ Brasil” www.documentoseletronicos.arquivonacional.gov.br  (Link “publicações”)

 

 

Consulte “Carta para a preservação do patrimônio arquivístico digital”


 
 

Fonte:

Informações coletadas na página da Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Disponível em: http://www.documentoseletronicos.arquivonacional.gov.br . Acesso em 20 junho 2013.

 

Conselho Nacional de Arquivos. Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Modelo de requisitos para sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos: e-ARQ. Rio de Janeiro, 2011.

 

 

0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2009AHPAMV | by TNB