27 de mar de 2012

Riopardense de Macedo e o aniversário de Porto Alegre



    
             Na  semana  de Porto Alegre,  é interessante  lembrar a polêmica que antecedeu  a Lei  3609/71,que  define a data  de 26 de março  de 1772 como  marco de fundação da Cidade.
     No livro editado pela Secretaria Municipal da  Cultura,O  aniversário de Porto Alegre,o historiador e arquiteto Riopardense de  Macedo  narra a evolução deste debate,os posicionamentos das instituições e dos historiadores e o resultado traduzido na lei acima mencionada.
    Existem várias versões para  a fundação da 

 
Cidade, inclusive a de  que Porto Alegre teria sido destruída por um vulcão em 1654 e depois reconstruída em 1740.No início, o centro do debate  era  ocupado por duas datas:  05 de novembro  de 1740,dia da assinatura da concessão provisória das sesmarias de Jerônimo de Ornelas, e 24 de julho de 1773,dia da transferência da Câmara de Vereadores, de Viamão para Porto Alegre.
      Uma   outra data  foi   defendida  pelo IHGRS: 26 de março de 1772. Sobre esta data,o item 7 da  “Síntese Cronológica da Evolução da Capital,de 1725 a 1925”, de autoria de Amyr Borges Fortes,diz o seguinte:

Com data de 26 de março de 1772 um Edital Eclesiástico elevou a  capela  de  Francisco dos Casais,à categoria  de Freguesia,desmembrando-se da freguesia de Viamão .Por essa razã o,dada  a individualização então adquirida pela povoação,admite-se essa data como a Fundação de Porto Alegre.

         Em novembro de 1740, o que aconteceu foi  a expedição de um título de propriedade a  Jerônimo de Ornelas, o que não condiciona  o início de uma povoação. Então, o sesmeiro não foi nem povoador nem colonizador. Já a transferência da  Câmara de Viamão para Porto Alegre,tornando-a sede do governo,encontra uma comunidade constituída pela Freguesia,que batizava,registrava os nascimentos e óbitos,celebrava  casamentos, dando unidade espiritual e civil ao povoado.
            Esta rica polêmica começa com o pedido do prefeito José Loureiro da Silva de um parecer  ao IHGRGS sobre a data de fundação da Cidade. A data de 26 de março está  definida e é comemorada sem contestações,mas alimentou um debate entre historiadores  durante muitos anos. Riopardense de Macedo, defensor desta  data,nos deixou  no livro O aniversário de Porto Alegre um registro fiel e documentado sobre o tema. Esta obra pertence ao  acervo bibliográfico do Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho e  está disponível para pesquisa.





0 comentários:

Postar um comentário

 

© 2009AHPAMV | by TNB