16 de ago de 2010

As Brizoletas


Foto do local onde atualmente está instalado o AHPAMV



Quem foi estudante na Porto Alegre do Século XX guarda boas lembranças delas, as brizoletas. Ícones de escola para quem cresceu no Rio Grande do Sul, muitas delas permanecem na paisagem da Cidade, servindo aos estudantes de hoje.

Os singelos, mas resistentes pavilhões, foram o elemento central do Plano de Emergência Para Construção de Prédios Escolares aprovado pelo Prefeito Leonel Brizola na véspera do Natal de 1956. No documento, que se encontra arquivado no fundo sobre a Educação Municipal em nosso acervo, pode-se ler o parecer escrito de próprio punho por Brizola: "Aprovo o presente plano de construção de prédios escolares, elevando para 189 unidades, conforme consta do edital de concorrências".
(Clique na imagem para ampliá-la)


"É preciso que se dissemine escolas em todos os quadrantes do município", escreveu o primeiro titular da pasta, Tristão Sucupira Viana, na apresentação do referido Plano. Pois, em março de 1957 - um ano e dois meses depois - já haviam sido construídas 137 novas escolas, de acordo com o relatório municipal do qual fazem parte as imagens abaixo:
(Clique nas imagens para ampliá-las)







1 comentários:

Claudemir de Quadros disse...

Outras informações sobre as brizoletas podem ser encontradas no blog http://hecq.blogspot.com.

Nesse mesmo blog pode ser visualizado o texto integral do livro "Marcas do tempo: imagens e memórias das brizoletas", que apresenta fotografias e depoimentos acerca do assunto.

Claudemir de Quadros.
claudemirdequadros@gmail.com
http://hecq.blogspot.com

Postar um comentário

 

© 2009AHPAMV | by TNB